quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Compaixão.

E eu me lembro como você dizia que nunca iria embora, que estaria sempre comigo.

Por um momento achei que havia sido enganado mas, de fato... boas memórias ficam pra sempre.

Descanse em paz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário